sábado, 20 de agosto de 2016

Meritocracia Cristã

Não quero comer o pão
que o diabo amassou.
Quero ver os pobres
saciados de justiça,
na mesa do Pão da Vida.
Quero como cristão,
exorcizar o diabo
que amassou o pão.
Quero ver toda gente,
alimentada de libertação.


quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Memórias Póstumas


Eu não escrevo para meu próximo,
que se faz distante, ao ler-me com os olhos,
e interpretar-me com a presença.
Eu escrevo para o distante,
que se faz presente, por não me ver
e nem me tocar, devido à ausência.
O desconhecido me lê com o coração
e, portanto me entende pela razão.
As linhas traçadas no meu tempo hoje,
no entardecer do sol poente,
as escrevo para meu tempo amanhã,
iluminadas pela luz do sol nascente.
Quem me ama hoje, não vê o que escrevo.
Quem me ler amanhã, desejará me amar hoje.
Serei ausência presente e presença ausente.


quinta-feira, 21 de julho de 2016

Velho e Novo

Parte da minha vida,
eu agia por recompensa.
Na outra parte,
agi por convicção.
Outrora, era um interesseiro.
Hoje, sou gratidão.
Antes, medo.
Agora, confiança.
Deus era Juiz.
Deus é Amor.
Eu acreditava em fábulas.
Eu vivo a vida.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Spinoza

I

Tudo é deus
Todo em tudo
Matéria e Espírito
Corpo e Alma
Substância Absoluta
Pensamento e Extensão
Herege e Blasfemador
Sem pátria... Sem família
Sem saúde... Sem riqueza
Sem religião... Ser divino
Natura... Naturata
A Lei é a Necessidade
Imaginativo e Subjetivo
Universal e Particular
Amor a deus... Amor de deus
Amor deus com deus
Sábio Eterno
Sábio eterno do eterno
Ideias verdadeiras
Todos contra todos
Desorganização Política
Fim supremo do homem
Razão de deus
Vida suprema do homem
Luz que emana do Sol
A Fé no Dogma
Do amor prático

II

Reze menos... Viva mais
Sou natureza... Templo e Lar
Não se culpe... Não me culpe
Faça amor... Seja amor
Tire o olhar do Livro 
Limpe suas lentes
Olhe para as pessoas
Olhe para natureza
Pare de pedir perdão
Liberte-se e sorria
Não tenha medo de mim
Como castigar o que fiz?
Eu sou puro amor
Eu sou céu... Não seja inferno
O céu começa aqui... O inferno é seu
Chega de explicações
Acredite em você
Não se preocupe comigo
Sinta-me no beijo
Na carícia de quem ama
Apaixone... Seja forte
Silencie... Fale menos
Não me louve
Sou feliz... Seja Feliz
Eis a sua gratidão
Sai da minha presença
“Não me procures fora
Não me acharás
Procure-me dentro
Aí que estou
Batendo em ti”
Não chore... Compreenda
Vai ser feliz... Viva a vida
Para que milagre maior?
Viva! Ame! Liberte-se!

domingo, 3 de julho de 2016

É só começar...

Comece a pensar...
Comece a reparar nas músicas que gosta...
Comece a reparar nas coisas que pensa...
Comece a reparar nos lugares que frequenta...
Comece a reparar aonde gasta seu dinheiro...
Comece a reparar na sua reação diante de um pobre...
Comece a reparar no que anda assistindo...
Comece a reparar com quem e onde anda...
Comece a reparar naqueles que critica...
Comece a reparar como você ora...
Comece a reparar no que você lê...
Comece a reparar no que fala...
Comece a reparar como educa...
Comece a reparar o que planta...
Comece a reparar no que acha importante...
Comece a reparar no que acredita...
Comece a reparar como trata as pessoas...
Comece a reparar como trata a natureza e os animais...
Comece...
Então saberá a resposta quando pergunta:
Por que o mundo está assim?

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Barco do Golpe

O barco afundou
pela esquerda a torto,
que ficou vendo navios
nunca ancorados ao porto.
Quisera eu ver Mujica ao leme,
mas se brasileiro fosse,
estaria aplaudindo Temer,
que tem a cara do Brasil.
Os ratos foram salvos,
para cuidar do queijo
com o aval do povo,
orgulhoso de seu jeito.
E viva a democracia
no país da mentira,
tem festa e alegria
e um barco à deriva.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Hamelin

O Sistema
toca o
som...
Capitalista
Comunista
Neoliberalista
Fascista
Socialista
Liberalista
Trotskista
Centrista
Nazista
Czarista
Niilista
Anarquista
Marxista
Golpista
E tantos outros
a perder de vista...
Conforme convém
ao flautista.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Like in the old times



Nostra Aetate

Nostra Aetate
(in)tolerância religiosa

Me irrita pensar
que um bom ateu
pode ter bondade
sem crer em Deus.

Me contamina ver
que uma afro religião
pode acolher a todos
não sendo “cristão”.

Sinto-me incomodado
pela tolerância budista
que choca minha crença
exclusiva e separatista.

Todos são demônios,
menos o grupo meu,
pois professamos nossa fé
no verdadeiro deus (?).

Como dizia Chico Xavier:
Se nos achamos melhor que o irmão,
por que esperamos dele
a nossa falta de boa ação?

A cruz de Cristo é a fonte
e sinal de toda graça,
do amor universal de Deus
a todos os credos e raças. 

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Religioso


Ângelo
era tão religioso...
Tão religioso...
Mas tão religioso...
Que por ser tão religioso,
não conseguiu ser cristão.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Missão

A tua gratuidade:
minha vida.
O meu direito:
ser feliz.
O meu dever:
amar.
Quem ama,
vive feliz,
amando.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Pão e Palavra


O pão da palavra
A palavra e o pão
O Pão alimenta a palavra
A Palavra se fez Pão
Na mesa que reparte a palavra
Reparte também o pão
Uma mesa vazia de pão
É uma mesa vazia na palavra
O corpo que se fez no Pão
É a vida encarnada da Palavra
Quando na mesa falta o pão
Vã se torna a palavra

terça-feira, 30 de junho de 2015

Paz Religiosa

Outrora os hereges,
os pobres,
os bruxos,
os negros,
os judeus,
os pagãos,
os cultos afro,
o crucificado...
Para que manter vivo
se o matamos.
Agora os homossexuais.
Sempre há um demônio
e ele é o outro.
O que plantamos,
colhemos.
Já fomos outrora
e somos hoje.
De perseguidos... perseguidores.
Hoje perseguimos e amanhã
perseguidos seremos.
A cruz é nossa
e crucificamos os outros.
Até o dia em que
nós seremos crucificados.
A paz que não existe
é a guerra que alimentamos.
A guerra que nos mata
é a paz que não promovemos.
Um dia sua palavra
fará sentido...
Só o amor gera a paz!

domingo, 7 de junho de 2015

Igreja Exclusiva

Sejam bem-vindos!
Todos os pecadores,
desde que seu pecado
seja o mesmo que o meu
assumido em público.
Todos os gays,
desde que não sejam gays.
Os pobres sempre teremos,
então vamos orar, arrecadar
e acumular.
E a maior notícia de todas,
a grande Boa Nova:
Deus lhe ama do jeito que é...
desde que não seja o que é.
Nós amamos o pecador,
mas odiamos o pecado.
Afinal de contas a Graça
acontece na uniformidade.
Tenha fé e será curado!

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Fé Intolerante

"Senhor, eu não sou digno
de que entreis em minha morada,
mas dizei uma palavra e serei salvo"
Eu sou intolerante,
Preconceituoso,
Homofóbico,
Racista.
E o mais grave...
Faço tudo isso
sendo religioso.
Salva-me desta hipocrisia.
Amém!

quarta-feira, 3 de junho de 2015

sábado, 30 de maio de 2015

Inútil

Inútil tentar convencer
quando não se quer ver.
Melhor é deixá-las!
Menos amor sem medida,
mais senso de medida.
Utilidade sem alegria
é coisa de burguesia.
Pode haver maior inutilidade
do que o sujeito que para se sentir útil
precisa ganhar muito dinheiro?
Para tanta hipocrisia,
tanto quanto gente vazia.
Dá preguiça em conhecer gente.
Perder o tempo útil
com pessoas inúteis.
Enquanto ela finge dizer a verdade,
eu finjo não conhecer a realidade.
A futilidade anula a utilidade.
A utilidade do inútil é não fazer;
ou fazer para seu próprio umbigo.
O inútil com iniciativa é um perigo.
O poder é o espelho da inutilidade.
A inutilidade enche estádios...
 ruas... igrejas... eventos...
O útil faz escola,
o inútil a esvazia.
O sujeito útil realiza coisas úteis
com o sentimento de que apesar de tudo
é um sujeito inútil :
Não fez mais do que a obrigação.
É tanta energia dispensada                                                                  
para tão pouca utilização.


segunda-feira, 25 de maio de 2015

Espírito Mau

Anhangá,
Onde estás?
A caça está aberta.
Anhangá é ovelha.
Eles são cabritos.
Estive com fome
e não me destes de comer.
Estive preso
e me transferistes.
Estive nu
e não me vestistes.
Estive doente
e não me visitastes.
Estive forasteiro
e me devolveram.
Anhangá,
a tua cruz é verdadeira
e teus olhos são de fogo,
do fogo do amor
que arde sem se ver e
é ferida que dói
e não se sente.
Anhangá onde estás?
Transforme-se em justiça.
Protege os pequenos
dos seres humanos,
dos maus espíritos.
Apartai os malditos
e protegei os benditos.
Amém.

Bom Dia

Hoje eu acordei com uma sensação boa,
que algo bom vai acontecer...
O sol vai iluminar.
A chuva pode cair.
A Serra do Japi vai me abraçar.
As estrelas irão brilhar.
A lua vai me enamorar.
Tu vais sorrir.
Eu vou te amar.
E mesmo se a dor chegar,
vai ser pra vos ensinar
que as coisas boas
tendes que aproveitar.

domingo, 24 de maio de 2015

Consciência

Infelizes dos que creem apenas no que veem.
Porque só podem ver aonde os olhos chegam
e a razão compreende, limitando o conhecimento.
Infelizes dos que veem, mas não creem.
Porque desviam o olhar da fé e da razão
e criam um mundo de ilusões, fugindo da realidade.
Infelizes dos que dizem crer, mas não enxergam.
Criam uma fé convencional e descomprometida.
Infelizes dos homens e mulheres
porque uma vez iludidos, deixam de amar.
O desejo de ver o amanhã, nos afasta de viver.
O olhar distante nos torna cego.
O essencial é invisível aos olhos.
E o Reino de Deus que está próximo,
continuará distante.

sábado, 23 de maio de 2015

Ler

Voar como pássaro, sem asa.
Viver abrigado, sem casa.
Manter o fogo, sem brasa.
Mergulhar fundo, mesmo rasa.
Viajar de foguete, sem a NASA.
Ter um discurso que embasa.
Uma mente que  expande e extravasa.



sábado, 16 de maio de 2015

Letra Solidária

Eu escrevo hoje
para você colher no futuro.
Então não tenta entender hoje,
o que só o amanhã iluminará.
Meu único medo
é que o hoje seja tão cruel,
para que o amanhã já não exista.
O que me consola é que a letra de hoje,
evite no amanhã a situação que lhe faz hoje.
Talvez o seu amanhã encontre
significado na minha letra de hoje.

terça-feira, 28 de abril de 2015

Ladainha: Cadê Francisco de Assis?

Cadê o jovem Francisco de Assis?
Ele está onde estão os pequeninos!
Após renunciar toda riqueza,
fez do Amor seu único destino.
Francisco foi à igreja de São Damião
fazer o necessário e fez o impossível.
La renunciou tudo, para tudo receber.
Descobriu que o essencial é invisível!
Franscisco foi ouvir a voz de Cristo:
“restaura minha casa decadente”.
Foi vender mercadorias da loja do pai,
ao interpretar tal ordem erroneamente.
Pelo pai foi deserdado e repudiado,
uniu-se então à “irmã pobreza”,
para viver o ideal religioso.
Deus tornou-se sua riqueza!
Uniu-se a onze companheiros,
Tornando-se itinerantes missionários.
Orientava pregar o Evangelho
e usar a palavra se necessário!
Ele nos ensinou que “ninguém é tão perfeito
Que não tenha algo com outro a aprender
e, totalmente destituído de valores
que não possa ao irmão conceder”. 
Franscisco foi ao encontro de Clara:
Eros e Ágape, fascinação e transfiguração.
“Plantinha do bem aventurado pai Francisco”.
Separados na carne unidos na fé e no coração.
Franscisco foi ser instrumento de amor e paz.
 Viver a comunidade e a fraternidade
Esta procurando sua regra de vida que sumiu,
de pobreza, liberdade evangélica e humildade. 
São Francisco de Assis foi celebrar o Natal;
 inventou o presépio de palha com o menino Jesus,
a  Virgem Maria, José, um boi e um jumento vivos.
Para lembrar que é na humildade que existe a Luz!
Ele foi pregar no Monte Alverne, nos Alpeninos,
onde curvou-se diante da dor e da fragilidade.
 Recebeu no corpo as cincos chagas, a estigmatização.
Acolheu a “irmã morte” e viveu para eternidade!
Cadê Francisco hoje?
Foi abraçar Dom Helder Câmara,
com mil razões para viver.
Foi ser voz dos que não tem voz,
perfumar a alma de amor e bem querer.
Francisco abraçou João Paulo II
Que lhe disse com toda certeza:
“Jovem, você não teve medo de ser santo!
Proclamo-o patrono dos ecologistas e admirador da natureza!”
Foi andar a pé e de ônibus com Dom Casaldáliga,
fazer da justiça uma causa nobre.
Parou para comprar o anel de tucum,
 sinal da aliança com a causa indígena e os pobres.
Franscisco foi acolhido por Madre Teresa de Calcutá
e ouviu que o amor não tem preço
E que a falta dele é a maior pobreza.
Que ser uma gota de amor, tem de Deus seu apreço!
Ele viu matarem irmã Dorathy,
Armada apenas com a bíblia em mãos.
Ouviu de Mahatma Gandhi:
“O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não”
Francisco mora na toca de Assis,
está na Missão Belém,
nos morros,  favelas e cortiços.
Mora nas comunidades de bem.
Franscisco está indignado
com a igreja da prosperidade;
denunciando com toda coragem:
“Prosperidade é a ausência de necessidades”
Franscisco de Assis está hoje lembrado,
nas tantas casas com seu nome,
acolhendo os pequeninos e desprezados
suprindo neles  a sede e a fome.
Francisco é povo, é gente como a gente!
Francisco é a verdadeira igreja,
 De todas as raças e crenças;
E que a seu exemplo, todos assim seja!
amém

03/2012

O Tempo é Hoje



Chegou a hora
o tempo é agora
o tempo que outrora
o tempo profetizou

Chegou a hora
para o mundo lá fora
certificar onde mora
o tempo que sonhou

Chegou a hora
da nova manobra
em meios às obras
que o tempo barrou.

Chegou a hora
de ir embora
pois a saudades chora
o tempo que passou.

Chegou a hora
da voz sonora
reconhecer embora
o tempo que amou.

Chegou a hora
do tempo que enamora
o amor que penhora
um tempo que parou.

Passou da hora
do tempo afora
que a fé ora
pelo tempo que chegou.

15-08-90 - GIL

Nesta Aliança


Quero aliar......

O Céu com a Terra
sendo agradecido.
O Tempo com o espaço
sendo presença.
A paixão com o amor
sendo fiel.
A tristeza com a alegria
sendo amigo.
O sonho com o real
sendo realização.
A morte com a vida
sendo eterno.
A razão com o sentimento
Sendo completo.
A masculinidade com a feminidade
sendo sensível.
O pecado com a graça
sendo criador.
A tua fé com a minha
Sendo crente.
O teu povo com o meu
sendo uma família.
A tua metade com a minha
sendo um só.
O teu ideal com o meu:
ser feliz!

O SINAL DAS MÃOS
COM A ALIANÇA NO CORAÇÃO;
CUMPRINDO A PROMESSA:
DE SEMPRE TE AMAR.

GIL 01-01-93 dia do noivado.

Amor ou paixão?

Paixão é o encanto pela vida.
Amor é a vida.
Paixão gera conflitos.
Amor gera soluções.
Paixão é agradecimento.
Amor é reconhecimento.
Paixão é um limite.
Amor é eternidade.
Paixão é ilusão.
Amor é real.
Paixão se ausenta.
Amor permanece.
Paixão é eu, você, as coisas...
Amor é nós.
Paixão é estático.
Amor se renova...cria...
Paixão escraviza.
Amor liberta.
Paixão cega.
Amor abre horizontes.
A paixão sonha.
O amor realiza.
Paixão gera medo.
Amor gera confiança.
Paixão é atração física.
Amor é atração total.
Paixão é monólogo.
Amor é diálogo.
Paixão vem do mundo.
Amor vem de Deus.
A paixão vê as cores da primavera.
O amor vê: as flores da primavera,
o sol do verão, o frio do inverno,
os frutos do outono.

Amar é estar apaixonado.
É estar encantado com a vida,
sendo a vida você.
É encarar os conflitos
junto com você.
É estar agradecido por
reconhecer em você a graça.
É respeitar o seu limite,
tornando-lhe única e eterna.
É poder saber que da minha ilusão
consegui tornar você real.
É sentir sua ausência
E pedir que fique.
É ver meu eu em você
E sentir que somos nós e que
tudo é nosso.
É parar no tempo... no espaço...
No pensamento... e ao mesmo tempo
Renovar... criar...
É estar escravizado em você
e sentir-se livre para lhe amar.
É estar cego para um outro
relacionamento por ter certeza que
você é o meu horizonte que se abre.
É viver sonhando com nossa realização.
É ter medo de lhe perder devido
a confiança que tenho em seu amor.
É sentir-me atraído pelo seu corpo
como parte íntegra do seu espírito,
da sua forma de ser.
É dizer a mim mesmo como eu lhe amo,
e por isso o quanto quero lhe falar.
É ver o mundo como um presente imenso
que Deus nos deu para nele vivermos
o amor.
É viver todas as estações do ano
com o colorido da primavera.
É dizer a você que estou apaixonado
por que lhe amo.

15/06/03
GIL

Tem gente que fala...



Tem gente que fala...

Tem gente que só fala de religião.
Tem gente que só fala de política.
Tem gente que só fala de futebol.
Tem gente que só fala de televisão.
Tem gente que só fala de internet.
Tem gente que só fala de mulher.
Tem gente que só fala de homem.
Tem gente que só fala de sexo.
Tem gente que só fala de família.
Tem gente que só fala dos filhos.
Tem gente que só fala de dinheiro.
Tem gente que só fala de comprar.
Tem gente que só fala de comer.
Tem gente que só fala de beber.
Tem gente que só fala de divertir.
Tem gente que só fala de trabalho.
Tem gente que só fala... fala... fala...

E por falar...

Tem gente que só fala de si mesma.
Tem gente que só fala dos outros.
Tem gente que só fala besteira.
Tem gente que fala sem pensar.
Tem gente que pensa e não fala.
Tem gente que fala doce.
Tem gente que tem fala amarga.
Tem gente que fala muito e diz pouco.
Tem gente que fala pouco e diz muito.

Tem gente que fala...

Tem gente que acha que fala.
Tem gente que não fala.
Tem gente que não sabe o que fala.
Tem gente que fala "pelos cotovelos".
Tem gente que fala pra dentro.
Tem gente que paga pra falar.
Tem gente que paga para não falar.
Tem gente que cobra pra falar.
Tem gente que não deixa o outro falar.
Tem gente que deveria falar.
Tem gente que deveria calar.
Tem gente que para pra falar.
Tem gente que não para de falar.
Eu não consigo terminar
não paro de tagarelar.

Ainda bem que ao nosso lado
tem gente como a gente!
Pois sem você a vida seria um tédio!!!
Fala sério!

Gil 05/11/2010

Professora



PROFESSORA

Ainda pequenina o mundo lhe parecia tão grande,
tudo era meio confuso e difícil de entender...
Sentadinha naquela carteira você pareceu gigante
ela ficou encantada: da onde veio e quem era este ser?

Depois deste dia ela já não era a mesma menininha,
aprendeu a magia das letras e do saber ler e escrever.
Nunca na vida imaginava que avistaria uma fadinha
de bondade e de ternura que só vendo para crer.

Minha menininha descobriu um mundo maravilhoso.
Por onde andava e passava; seus olhos punham a crescer.
Estampava no rosto a felicidade e com gesto carinhoso
lia as placas, os avisos, os livros, os gibis sem esmorecer.

Se antes parecia ser tão grande o mundo e você,
agora parece que tudo ficou maior e pôs-se a crescer,
os horizontes se abriram e ela não pode deixar de vê
que com a magia do conhecimento era possível entender

No mundo encantado das letras, eu a vejo sonhando.
Nas contas e histórias ela não para de aprender.
Com um livro na mão, o tempo todo viajando.
Ziraldo e tantos outros, que dá gosto de ver.

Um dia minha menininha não será mais criança
Deixará de brincar de boneca, de amarelinha e de balança...
Mas o que ela jamais apagará da sua lembrança
é a gratidão e amor pela sua professora de infância.


gil 11/07

Sem Inspiração


Sem Inspiração

Não havia inspiração para poesia,
mas havia muito alegria,
deixei que meu sentimento
tomasse conta do momento.
Com o lápis e o papel,
o pé no chão e a cabeça no céu,
escrevi o que me parece um poema
sem pé, sem cabeça, sem tema.
Não havia montanhas, campos e flores...
nenhum cenário cheio de cores.
Um ambiente bem pouco apropriado
pra se escrever um poema apaixonado.
Mas o dia é especial
apesar de não ter sido notícia no jornal.
Busquei no fundo da alma
a necessária calma
e no fundo do coração
a desejada inspiração.
Acabei encontrando o que queria:
Você! A mais bela poesia!
O poema que Deus escreveu
no coração deste admirador seu.
Consigo ver o cenário à frente
e o tema já me vem à mente:
Uma linda garotinha nascendo, eis o cenário
e um tema bem apropriado: “Feliz Aniversário”

Gil 20/10/93

Dor



Olá minha irmã!

Viestes me visitar

e trouxestes a experiência

que tanto preciso para amar.



Olá minha irmã!

Pensei que tivesses algo contra mim,

que me odiastes,

mas me ensinou a ser assim.



Olá minha irmã!

Me fez enxergar a amizade,

me fez ver o que vale a pena.

Ensinou-me o caminho da humildade.



Olá minha irmã!

Viestes com tua correção.

Achei que não iria suportar,

porém libertastes meu coração.



Olá minha irmã!

Tenho dúvidas de quem te enviou,

mas só posso agradecer,

pois tua sabedoria me sustentou.



Adeus minha irmã!

Espero que não volte tão já.

Que eu tenha aprendido.

Agora sou feliz! Vá!