quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Fake News


Esta campanha
elegeu o Fake News
Tem gente de bem
Têm cristãos
Têm religiosos
Têm pastores
Têm padres
Têm caridosos
Têm voluntários
Têm candidatos
Tem mito
Tem comunismo
Tem capitalismo...
Têm ideologias
Tem nacionalismo
Têm estadistas
Têm militares...
Têm intelectuais
Têm heróis
Têm famílias
Têm ricos
Têm brancos
Têm negros
Têm gays...
Têm mídias
Têm verdades
Têm mentiras
Tem o diabo
Presidente
Governador
Senador
Deputado
Vereador
Juiz...
O pai do
Fake News
é o diabo
ignorante
mal intencionado
falso moralista
Tem Brasil
Tem eu
poeta
fake news.



terça-feira, 18 de setembro de 2018

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Amor Perfeito


Eu amo amar...
Como ama o Amor.
Não sei amar pouquinho.
Não consigo amar mansinho.
No amor, sou exagerado.
Quando amo... Amo escancarado.
Amo homem... Amo mulher...
Amo disso o que advier.
Amo sem preconceito.
Livre, ao amor me sujeito.
Amo gente... Amo animais...
Amo natureza... Amo demais.
Amo você... Amo a coletividade.
Amo... Amar de verdade.
Amo de todas as cores e jeitos.
Amo igual amor perfeito.



terça-feira, 27 de março de 2018

Amor em gestos

Se implora por uma palavra,
não entendeu nada do Amor.
Ele se manifesta por gestos,
só quem ama pode ouvi-Lo.
Se quiser decifrar o Amor,
comece pelo amar.
O Amor não gosta de falar,
está ocupado de gestos.
De ações concretas.
Ouça...
O Amor fala
silenciosamente
nos detalhes da vida.
O Amor não faz força
para ser entendido.
Ele se esforça
por ser sentido.
Quem ama não duvida,
não precisa de palavras,
não espera nada.
Quem ama.
Ama.
O Amor
se basta.



Desabrochar


Eu não fiz nada de extraordinário.
Vivi apenas uma vida simples.
O que fiz, foi fazer do ordinário
uma razão para amar.
Eu sou daquelas pessoas
que não espera milagres
e nem busca o extraordinário.
Não sou melhor que ninguém.
Eu não preciso viver vendo para crer.
Eu vivo crendo que há um motivo para viver.
Tenho uma vida muito ocupada
para fantasiar sinais.
Não espero nada do céu...
A não ser a chuva que
molha minha alma,
e o sol que aquece
meu coração.
Sou semente que morre
a cada dia
e desabrocha
para amar.



domingo, 11 de março de 2018

Palavras


Ela fala fácil,

ela fala com os livros.

Ela fala bonito,

ela fala com a alma.

Ela fala profundo,

ela fala com o coração.

Ela fala simples,

ela fala com a vida.

Ela fala tudo,

ela tem atitude.



Negro Rei


Desculpe minha petulância
ao me dirigir a vossa Senhoria.
Quem sou eu para reverenciar
tão importante figura,
ícone de grandeza e luta,
de superioridade e magnitude.
Aceite minha humilde admiração.
Não leve em consideração
minha serviçal branquitude.
Apesar das mãos manchadas
de sangue e do passado branco,
carrego uma alma preta.

sábado, 6 de janeiro de 2018

Indiferença

Não insistas para te amar
no conforto do teu mundo.
Estou deveras ocupado,
devido ao desconforto de muitos
que a tua vida confortável produz.

sexta-feira, 10 de março de 2017

Amor de mãe

No céu houve uma reunião,
Deus, ao anjo delegou uma missão:
ir à terra com uma procuração,
encontrar uma criatura de bom coração.

O anjo então pediu a Deus:
“que diretriz seguirei eu?”
As normas, o Bom Deus leu,
presta atenção anjo Romeu.

Em todas as criaturas,
encontre uma com espírito de candura,
traços de ternura
um amor que perdura.

Seja alguém próximo ao divino,
que ame mesmo no desatino,
doar seja seu hino
gerar vida seja seu destino.

Que perdoe, mesmo no desprezo.
Viver pelo outro seja seu desejo.
Que troque choros por beijos,
ao amor e doação não seja avesso.

Enfim, faça do seu sacrifício um louvor,
da vocação um eterno amor.
Seja forte durante a dor
e ame mesmo quando não deem valor.

O anjo partiu sem alegria,
pois esta missão fácil não seria.
Por todos os cantos e todo dia,
ele procurava alguém como Maria.

O destino atravessou seu caminho,
diante do anjo lá estava um menininho,
aos berros e totalmente sozinho.
Seu nome era Dinho.

Menino, por que tanta chora?
Perguntou o anjo, sem demora.
“Perdi minha mãe já faz horas
e não a encontrei até agora”.

O anjo solidário procurou por ela.
O menino explicou as características dela:
“É a mãe mais doce, a mais bela,
a mais perfeita; seu nome é Gabriela.

O anjo lhe trouxe as mulheres mais formosas,
as mais bonitas e as mais carinhosas.
Algumas superavam a beleza das rosas,
porém recusou-as o menino sem muita prosa.

Foi quando de repente,
surgiu uma mulher a sua frente,
era franzina, sofrida e sem dente.
“Mamãe”, gritou o menino contente.

O anjo aliviado soltou um sorriso,
a sua missão ultrapassava qualquer juízo.
Retornou então ao paraíso,
a Deus logo foi dado o aviso.

Meu Deus, cumpri minha missão,
falou o anjo cheio de convicção.
A criatura mais próxima do teu coração
é feminina, forte, pura paixão.

Senhor, tu que sois eterno,
cujo amor é materno e paterno,
Na terra, mais próximo do teu amor terno
é sem dúvida o amor materno.

Deus, as mães, abençoou.
A humanidade, em suas mãos, entregou.
Entre todas as criaturas, mais sagrada, a tornou.
Através da mãe (mulher), os homens, salvou.

Inspirada em um programa da Vila Sésamo - escrevi em 2007 e adaptei.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Só sorriso

Meu carro é antigo
Meu guarda-roupa é “de papel”
Minha conta é comum
Meus amigos são simples
Meu namorado anda a pé
Meu dinheiro é curto
Minha casa é só um sonho
É duro meu ganha-pão
Estudo feito heroína
Meus pais são humildes
E eu sou feliz
Pois a felicidade
é assim...
Simples
Mas quando coloco meus pés
Na areia...
Eu sou só sorriso J


sábado, 21 de janeiro de 2017

Rouxinol

Sentiria-me ridícula se pensasse
igual todo mundo pensa,
isto pode ser minha força,
mas também minha armadilha.
De qualquer forma tenho asas,
sou pássaro livre e engaiolado.
Quando me prendem, quero voar.
Quando me soltam, quero ficar.
Só não quero deixar a rebeldia,
mesmo quando estou em obediência.
Tenho para mim que os valores mudam
e que os sentidos enganam.
Quem pensa, pode ser escravo.
Quem não pensa, sempre será.
Quem pensa tem asas, apesar de preso,
em seus pensamentos pode voar...
Quem não pensa não tem asas, apesar de livre,
não pode cantar e nem dançar,
não pode sorrir e nem amar...
Sou pássaro nascido na natureza
pela mão divina.
Sou pássaro nascido em gaiola
pela mão malvada humana.
Não faço meu ninho em gaiola
para que a escravidão
não seja o destino dos meus filhos.
Voa menininha... voa....  vai fazer
seu ninho (escolhas) longe dos maus
e próximo ao céu.

sábado, 20 de agosto de 2016

Meritocracia Cristã

Não quero comer o pão
que o diabo amassou.
Quero ver os pobres
saciados de justiça,
na mesa do Pão da Vida.
Quero como cristão,
exorcizar o diabo
que amassou o pão.
Quero ver toda gente,
alimentada de libertação.


quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Memórias Póstumas


Eu não escrevo para meu próximo,
que se faz distante, ao ler-me com os olhos,
e interpretar-me com a presença.
Eu escrevo para o distante,
que se faz presente, por não me ver
e nem me tocar, devido à ausência.
O desconhecido me lê com o coração
e, portanto me entende pela razão.
As linhas traçadas no meu tempo hoje,
no entardecer do sol poente,
as escrevo para meu tempo amanhã,
iluminadas pela luz do sol nascente.
Quem me ama hoje, não vê o que escrevo.
Quem me ler amanhã, desejará me amar hoje.
Serei ausência presente e presença ausente.


quinta-feira, 21 de julho de 2016

Velho e Novo

Parte da minha vida,
eu agia por recompensa.
Na outra parte,
agi por convicção.
Outrora, era um interesseiro.
Hoje, sou gratidão.
Antes, medo.
Agora, confiança.
Deus era Juiz.
Deus é Amor.
Eu acreditava em fábulas.
Eu vivo a vida.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Spinoza

I

Tudo é deus
Todo em tudo
Matéria e Espírito
Corpo e Alma
Substância Absoluta
Pensamento e Extensão
Herege e Blasfemador
Sem pátria... Sem família
Sem saúde... Sem riqueza
Sem religião... Ser divino
Natura... Naturata
A Lei é a Necessidade
Imaginativo e Subjetivo
Universal e Particular
Amor a deus... Amor de deus
Amor deus com deus
Sábio Eterno
Sábio eterno do eterno
Ideias verdadeiras
Todos contra todos
Desorganização Política
Fim supremo do homem
Razão de deus
Vida suprema do homem
Luz que emana do Sol
A Fé no Dogma
Do amor prático

II

Reze menos... Viva mais
Sou natureza... Templo e Lar
Não se culpe... Não me culpe
Faça amor... Seja amor
Tire o olhar do Livro 
Limpe suas lentes
Olhe para as pessoas
Olhe para natureza
Pare de pedir perdão
Liberte-se e sorria
Não tenha medo de mim
Como castigar o que fiz?
Eu sou puro amor
Eu sou céu... Não seja inferno
O céu começa aqui... O inferno é seu
Chega de explicações
Acredite em você
Não se preocupe comigo
Sinta-me no beijo
Na carícia de quem ama
Apaixone... Seja forte
Silencie... Fale menos
Não me louve
Sou feliz... Seja Feliz
Eis a sua gratidão
Sai da minha presença
“Não me procures fora
Não me acharás
Procure-me dentro
Aí que estou
Batendo em ti”
Não chore... Compreenda
Vai ser feliz... Viva a vida
Para que milagre maior?
Viva! Ame! Liberte-se!

domingo, 3 de julho de 2016

É só começar...

Comece a pensar...
Comece a reparar nas músicas que gosta...
Comece a reparar nas coisas que pensa...
Comece a reparar nos lugares que frequenta...
Comece a reparar aonde gasta seu dinheiro...
Comece a reparar na sua reação diante de um pobre...
Comece a reparar no que anda assistindo...
Comece a reparar com quem e onde anda...
Comece a reparar naqueles que critica...
Comece a reparar como você ora...
Comece a reparar no que você lê...
Comece a reparar no que fala...
Comece a reparar como educa...
Comece a reparar o que planta...
Comece a reparar no que acha importante...
Comece a reparar no que acredita...
Comece a reparar como trata as pessoas...
Comece a reparar como trata a natureza e os animais...
Comece...
Então saberá a resposta quando pergunta:
Por que o mundo está assim?

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Barco do Golpe

O barco afundou
pela esquerda a torto,
que ficou vendo navios
nunca ancorados ao porto.
Quisera eu ver Mujica ao leme,
mas se brasileiro fosse,
estaria aplaudindo Temer,
que tem a cara do Brasil.
Os ratos foram salvos,
para cuidar do queijo
com o aval do povo,
orgulhoso de seu jeito.
E viva a democracia
no país da mentira,
tem festa e alegria
e um barco à deriva.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Hamelin

O Sistema
toca o
som...
Capitalista
Comunista
Neoliberalista
Fascista
Socialista
Liberalista
Trotskista
Centrista
Nazista
Czarista
Niilista
Anarquista
Marxista
Golpista
E tantos outros
a perder de vista...
Conforme convém
ao flautista.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Like in the old times



Nostra Aetate

Nostra Aetate
(in)tolerância religiosa

Me irrita pensar
que um bom ateu
pode ter bondade
sem crer em Deus.

Me contamina ver
que uma afro religião
pode acolher a todos
não sendo “cristão”.

Sinto-me incomodado
pela tolerância budista
que choca minha crença
exclusiva e separatista.

Todos são demônios,
menos o grupo meu,
pois professamos nossa fé
no verdadeiro deus (?).

Como dizia Chico Xavier:
Se nos achamos melhor que o irmão,
por que esperamos dele
a nossa falta de boa ação?

A cruz de Cristo é a fonte
e sinal de toda graça,
do amor universal de Deus
a todos os credos e raças. 

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Religioso


Ângelo
era tão religioso...
Tão religioso...
Mas tão religioso...
Que por ser tão religioso,
não conseguiu ser cristão.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Missão

A tua gratuidade:
minha vida.
O meu direito:
ser feliz.
O meu dever:
amar.
Quem ama,
vive feliz,
amando.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Pão e Palavra


O pão da palavra
A palavra e o pão
O Pão alimenta a palavra
A Palavra se fez Pão
Na mesa que reparte a palavra
Reparte também o pão
Uma mesa vazia de pão
É uma mesa vazia na palavra
O corpo que se fez no Pão
É a vida encarnada da Palavra
Quando na mesa falta o pão
Vã se torna a palavra

terça-feira, 30 de junho de 2015

Paz Religiosa

Outrora os hereges,
os pobres,
os bruxos,
os negros,
os judeus,
os pagãos,
os cultos afro,
o crucificado...
Para que manter vivo
se o matamos.
Agora os homossexuais.
Sempre há um demônio
e ele é o outro.
O que plantamos,
colhemos.
Já fomos outrora
e somos hoje.
De perseguidos... perseguidores.
Hoje perseguimos e amanhã
perseguidos seremos.
A cruz é nossa
e crucificamos os outros.
Até o dia em que
nós seremos crucificados.
A paz que não existe
é a guerra que alimentamos.
A guerra que nos mata
é a paz que não promovemos.
Um dia sua palavra
fará sentido...
Só o amor gera a paz!